ACESSO RÁPIDO
                   

Em março de 2010, com o tema “Água: O grande desafio”, o FÓRUM INTERNACIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL, fez sua primeira edição, onde buscamos trazer um debate franco quanto a gestão dos recursos hídricos.

O II FÓRUM INTERNACIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL, em maio de 2012, reuniu os mais renomados estudiosos deste setor e debatemos as melhores formas de orientar a sociedade para o consumo consciente.

Durante o III FIGA, que aconteceu em julho o ano passado, na Assembleia Legislativa, tratamos da questão “Água não é mercadoria” e trouxemos ao público que prestigiou o evento, grandes personalidades que deixaram conosco seu conhecimento a respeito deste tema tão importante.

Os sinais são evidentes e o futuro depende de todos nós. A gestão dos recursos hídricos ocupa, na atualidade, uma posição central nas discussões acerca da questão ambiental. A degradação do meio ambiente vem escasseando e contaminando rapidamente as reservas superficiais e subterrâneas dos recursos hídricos. Com o crescimento econômico e demográfico crescem suas demandas de usos, colocando em risco a disponibilidade de água com qualidade para o ser humano.

Por isso, é necessária uma gestão pública para a proteção das fontes naturais, e a conservação da qualidade e quantidade da água e o seu uso racional, respeitando sua condição de bem público e as normas legais daí decorrentes.

Contamos, em todas as edições, com um excelente público e uma grande repercussão na mídia nacional e internacional e o assunto é vital e justamente por isso precisa de mais troca de experiências. A quarta edição buscará o debate sobre as formas gestão da água.

No terceiro tópico da Carta de Porto Alegre, lida ao final do FIGA2010, diz: “Compete à imprensa manter pauta que fomente um debate permanente sobre as causas e consequências da crise da água, assim como de cobrar do poder público que cumpra e faça cumprir as normas jurídicas protetivas da água. Também cabe à imprensa apontar à sociedade alternativas de usos sustentáveis da água.” – Baseado também neste ponto a ARI – Associação Riograndense de Imprensa, que há alguns anos luta pelas questões do meio ambiente, propõem-se a continuar nessa batalha pela conscientização da necessidade de preservação dos recursos naturais.

Assim sendo, queremos com este grande evento mostrar que a participação da sociedade civil organizada é absolutamente imprescindível para a boa gestão no sentido de que não falte água de qualidade para as gerações futuras. O IV FÓRUM INTERNACIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL – “IMPLEMENTAÇÃO EFICAZ DOS INSTRUMENTOS DE GESTÃO DA ÁGUA” está com o firme propósito, junto com seus colaboradores e apoiadores, de construir um futuro de respeito e preservação do Planeta.

Objetivo
O III IV FÓRUM INTERNACIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL – “IMPLEMENTAÇÃO EFICAZ DOS INSTRUMENTOS DE GESTÃO DA ÁGUA” tem como objetivo trazer a importância da troca de experiências e de conhecimento entre os profissionais desta grande cadeia, com o propósito de aproximar a sociedade dos estudos e trabalhos realizados para a promoção do consumo consciente. Dividido em painéis, palestras e debates, buscamos mobilizar diferentes setores como os de saneamento, pesquisa, preservação, ciência e tecnologia e envolvendo também a população em geral.

Público Alvo
Pesquisadores, professores, cientistas, representantes de órgãos de Governo Federal, Estadual e Municipal, empresários, produtores e a população em geral que tenha interesse em discutir sobre o tema.

Inove Eventos